Google+

16 de setembro de 2012

como afundar


o amor foi entrando em nós sem mentir
vi-te erguer no meu suor e subir
eu senti o amor tocar no avesso da saudade
e com ela a dor de não chorar

e é como ver o chão sob nós
sentir que é no amor que eu consigo encontrar
o que eu sou

e é como afundar nosso mundo em dor
e não querer acordar

minha flor, meu sol, eu vou estar sempre aqui
se eu lembrar a dor será também por ti
mas eu, eu não vou mudar

e a dor foi entrando em mim sem mentir
vi-te enfim erguer do chão
e sorrir
como a construir o meu fim

estão a bater à porta
dizem ser teus amigos
dizem vir da parte interna dos ouvidos

a noite entrou de passagem
sem nos levar
boa viagem
boa viagem

isso é como afundar nosso mundo em dor
e não querer acordar
e tu não vês?

| ornatos violeta, como afundar |