Google+

27 de novembro de 2011

Quando o ser da luz for

o ser da palavra,

no seu centro arder

e subir com a chama

(ou baixar à água)

então estarei em casa.


| Eugénio de Andrade |